0

Meu Carrinho R$ 0,00
Cookies: a gente guarda estatísticas de visitas para melhorar sua experiência de navegação. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Curcuma Longa 450mg – Cápsulas Vegetais – Extrato Padronizado em 95% Curcuminóides.

0 opiniões
Ref: 2017x

Cápsulas

* Campos Obrigatórios

De: R$ 85,00

Por: R$ 68,00

6x de R$ 12,76 com juros
ou R$ 61,20 no boleto bancário Mais formas de pagamento
133
    Descrição

    O que é a Curcuma Longa?


    A Curcuma longa (95% CURCUMINÓIDES), conhecida como açafrão da Índia, turmérico ou apenas cúrcuma, a Curcuma longa Linn, é uma planta da família do gengibre (Zingiberaceae) sendo a raiz a parte mais utilizada.  Este fitoterápico que produz muitos benefícios para a saúde como aumento da imunidade; prevenção do desenvolvimento de algumas formas de tumores; apresenta ação anti-inflamatória, sendo indicado para casos de artrite reumatoide.


    Auxiliar no combate aos radicais livres; previne infecções; estimula os sistemas: digestivo; circulatório; respiratório e uterino; normalizando o fluxo de energia com efeito antibiótico.


    Ainda é eficaz para o tratamento de problemas de pele, doenças do fígado (detox) e problemas menstruais. É indicada na prevenção da catarata; tratamento da esclerose múltipla; doença de Alzheimer; doença inflamatória intestinal e doença renal.


    Cúrcuma é uma planta medicinal indicada para problemas como resfriados, sinusites, infecções bacterianas, alterações no fígado, diabetes, lesões, anorexia e reumatismo. Cúrcuma ainda pode ser útil em tratamentos da doença de Parkinson e Alzheimer, ajudando também no combate de alguns tipos de câncer.


    Propriedades antioxidantes têm sido atribuídas à Curcuma longa, e auxiliam na neutralização de alguns tipos de espécies reativas e, consequentemente, redução da peroxidação e oxidação de lipoproteína de baixa densidade (LDL). Além disso, a Curcuma longa tem demonstrado pronunciado efeito antiinflamatório, atribuído à inibição de enzimas responsáveis pela síntese de mediadores inflamatórios (como leucotrienos pró-inflamatórios, prostaglandinas e tromboxano) e à redução dos níveis do fator de transcrição NFκB. Ao inibir determinadas vias de sinalização, transdução e transcrição, propriedades antiproliferativas, apoptóticas, antiangiogênicas e antimetastáticas, tem atribuído um papel quimiopreventivo significativo à Curcuma longa.


    Para o que serve a Curcuma Longa?


    A Curcuma Longa também conhecida como Turmeric ou Açafrão da Índia, tem sido bastante estudada recentemente, mostrou-se que o seu ativo principal curcumina é um poderoso antioxidante, antiinflamatório e anticarcinogénico. A Curcuma Longa estimula os sistemas digestivo, circulatório, respiratório e o útero, normalizando o fluxo de energia com efeito antibiótico. É usada para o tratamento de problemas de pele, tumores uterinos, icterícia, doenças do fígado e problemas menstruais. Sua potente ação antiinflamatória e antioxidante pode ser útil em doenças reumáticas (artrite reumatóide). Na medicina Ayurvédica (medicina tradicional indiana), o rizoma de cúrcuma tem sido usado por séculos como tônico para problemas gastrointestinais.  Outros usos propostos à Cúrcuma são como quimioprotetor (propriedade demonstrada em estudos in vitro e com animais) e hepatoprotetor. Tem sido também recomendado na prevenção da catarata, tratamento da esclerose múltipla, doença de Alzheimer e doença inflamatória intestinal.


    Diversos ensaios clínicos já realizados têm demonstrado esse efeito potencial da curcumina em reduzir os níveis de marcadores inflamatórios. Em pacientes com síndrome metabólica, a suplementação com curcumina reduziu os níveis séricos de TNF-α, IL-8 e MCP-1, uma citocina importante na migração e infiltração de monócitos.6 Em outro estudo, foi observada a diminuição de IL-4, IL-6 e proteína C reativa em pacientes com osteoartrite que receberam a suplementação de curcuminoides.7 Em diabetes tipo 2, a suplementação com curcumina reduziu os níveis de TNF-α e IL-6 e promoveu o aumento de adiponectina, um hormônio importante na regulação da glicemia, no plasma dos pacientes.8,9


    A curcumina tem demonstrado um efeito importante em suprimir o desenvolvimento, invasão de tumores, angiogênese e metástase. Alguns estudos já demonstraram um efeito benéfico da curcumina em vários tipos de câncer, incluindo mieloma múltiplo, cólon, pâncreas, mama, próstata e pulmão. Em pacientes com câncer de cólon retal, o tratamento com curcumina por sete dias promoveu a redução de COX-2 nas biópsias dos pacientes.13 Em outro estudo, curcumina associada com quercetina diminuiu o número de pólipos após seis meses de tratamento.14 Já a administração de curcumina por até 30 dias resultou na diminuição dos níveis de TNF-α no soro em pacientes com câncer de cólon retal, bem como aumentou o número de células cancerígenas apoptóticas e a expressão de p53, um gene supressor tumoral.15 Em outro ensaio clínico, pacientes com mieloma múltiplo que receberam curcumina apresentaram uma diminuição na expressão de NFκB e COX-2. Resultado semelhante foi observado em pacientes com câncer pancreático.16 No tratamento da leucemia mieloide crônica, a utilização da curcumina em associação ao imatinib, um anticorpo monoclonal, reduziu significativamente os níveis de óxido nítrico em comparação aos pacientes que receberam apenas o medicamento.17 Esses estudos, juntamente com pesquisas em modelos celulares e animais, demonstram o potencial efeito da curcumina como um agente antitumoral. 


    O processo inflamatório possui um papel importante na fisiopatologia das doenças cardiovasculares. Dessa forma, devido a sua ação anti-inflamatória, a curcumina tem demonstrado efeitos benéficos nas doenças que afetam o sistema cardiovascular.4 Em pacientes com síndrome coronariana aguda a suplementação com a curcumina diminuiu os níveis de colesterol total e LDL, um efeito importante, visto que a redução no perfil lipídico reduz o risco de eventos coronarianos.18 Em outro estudo, foi observada também a redução de triglicerídeos em pacientes obesos.19 Resultado semelhante na melhora do perfil lipídico foi evidenciado em pacientes com síndrome metabólica e que receberam curcumina.20 Em modelos animais foi demonstrado que a além da redução do LDL, a curcumina promoveu a diminuição do LDL oxidado. A oxidação de lipoproteínas, como o LDL, assim como o processo oxidativo em si possuem um papel essencial na patogênese da aterosclerose, os quais parecem ser atenuados com a utilização da curcumina.2 Esses resultados demonstram que o efeito cardioprotetor da curcumina está envolvido com a diminuição da inflamação e do estresse oxidativo.2,4


    Os resultados e indicações são avaliados e comprovados pelo fabricante e baseados nos estudos das ações do mesmo, descritos na literatura.


    Principais benefícios da a Curcuma Longa:


    Segundo as farmacêuticas da Quallitá a Curcuma Longa é indicado para:


    - Antioxidante: atua no combate aos radicais livres, neutralizando-os e impedindo sua ação destrutiva.
    - Anti-inflamatória: reduz os níveis de citocinas pro-inflamatórias como IL-1-β e IL-6, a expressão genica de COX-2 e a secreção de PGE2. Importante agente terapêutico no tratamento de doenças inflamatórias de intestino e pancreatites.
    - Antialérgicas: inibem a biossíntese de leucotrienos através da via da lipoxigenase e diminuem a formação de prostaglandinas.
    - Atividade hepatoprotetora e quimiopreventiva: Diminui componentes hepáticos inflamatórios e biomarcadores de dano oxidativo.
    - Prevenção de Alzheimer: eficiente na remoção do acúmulo de placas no cérebro e a melhoria do fluxo de oxigênio.
    - Proteção cardiovascular: melhora a circulação do sangue atuando na prevenção de doenças cardíacas e AVC.
    - Antienvelhecimento: atua na proteção da elastina e do colágeno, responsáveis pelo tônus da pele.
    - Distúrbios oculares: grande potencial terapêutico em olho seco, cataratas, retinopatia diabética.
    - Termogênico/Perda de peso: melhora o fluxo da bile. Regula o triglicérides fazendo com que se transformem em fonte de energia ao invés de armazenarem como gordura corporal.
    - Anticancerígena: causa apoptose em várias linhagens celulares de câncer e células tumorais e pode inibir a angiogênese.
    - Antibacteriana;
    - Diurética;
    - Distúrbios digestivos e hepáticos (flatulência, dor abdominal, distensão, dispepsia e etc);
    - Tratamento de artrite reumatoide e dores articulares;
    - Síndrome metabólica;
    - Obesidade;
    - Prevenção de doenças neurodegenerativas e do câncer.
    - Reduz níveis de colesterol.

    Composição

    Composição/Validade:
    Curcuma Longa 450mg
    Excipiente qsp 1 cápsula vegetal
    Extrato Padronizado em 95% curcuminóides.
    Validade: 4 meses. 


    Advertências:


    Contraindicações: A Curcuma longa é contraindicada caso o paciente tenha alergia a curcumina e açafrão. É também contraindicado para uso em pacientes que estejam fazendo uso de medicações que alterem suas características de coagulação como antiagregantes plaquetários, anticoagulantes, heparina de baixo peso molecular e agentes trombolíticos, pois, pode haver aumento no risco de casos de sangramento. É também contraindicado para pacientes com riscos de obstrução de vias biliares ou que tenham cálculos biliares, pacientes com úlceras estomacais e hiperacidez do estômago. Não é indicado para gestantes ou lactantes.

    Modo de Usar

    Sugestão de modo de usar A dose usual do extrato seco padronizado (95%) varia de 300 a 600mg 3x ao dia, administrados com alimentos.

    Advertência

    Informações Adicionais


    Recomendações gerais importantes. Leia antes de usar:


    1.  Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado;
    2.  Imagens meramente ilustrativas
    3.  Este medicamento não deverá ser partido ou mastigado;
    4.  É recomendável dieta equilibrada e exercícios físicos para auxiliar a redução de peso;
    5.  Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto;
    6. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico
    7. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido;
    8. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem;
    9. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças;
    10. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica;
    11. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica;
    12. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica;
    13. Este medicamento não deve ser utilizado durante o período de amamentação sem orientação médica;
    14. Respeite a dose diária recomendada.
    15. Venda mediante prescrição do profissional habilitado.
    16. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO” 


    “Não se trata de propaganda e sim descrição do produto, consulte sempre um especialista.”
    "O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário à informação e orientação quanto ao uso dos medicamentos solicitados por acesso remoto" RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58.”
    “Venda sob prescrição de profissional habilitado, de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia. Nossos farmacêuticos estão habilitados para prescrição farmacêutica. Consulte-nos”

    Formas de Pagamento
    Boleto Bancário

    no Boleto/Transferência

    Cartão de Crédito
    Nº de parcelas Valor da parcela Juros Valor do Produto