0

Meu Carrinho

R$ 0,00
Cookies: a gente guarda estatísticas de visitas para melhorar sua experiência de navegação. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Astragalus 500mg - Imunidade e alívio do estresse

0 opiniões
Ref: 2070

Cápsulas

* Campos Obrigatórios

De: R$ 40,50

Por: R$ 37,60

3x de R$ 12,53 sem juros
ou R$ 33,84 no boleto bancário Mais formas de pagamento
133

    Descrição

    Esse produto é capaz de diminuir os riscos de várias doenças estimulando a defesa do organismo, aumentando a imunidade, além de reduzir o cansaço e combater o estresse.


    O que é?


    Astragalus membranaceus; também conhecido como: Astragalus propingus B. Schischk; Astragalus membranaceus (Fish.) Bunge var. mongholicus (Bunge) Hsiao; Astragalus; Astragalo; Huang Chi, ou ainda Huang Qi da Quallitá, é usado para melhorar a resposta imune e manter a saúde global (Sinclair, 1998). Diz-se que o Astragalus, estimula ou potencializa os componentes do sistema imune, incluindo a atividade das células natural killer (NK), (Memorial Sloan-Kettering, 2005). Compostos que incluem as saponinas (umglicosídio encontrada na aveia, espinafre e outras plantas) e polissacarídeos podem afetar o efeito do astragalo no sistema imune. Os ativos contidos no extrato seco de Astragalus são: flavonoides, astragalosídeos, beta-sitoesterol, colina e minerais, entre outros. A padronização do extrato seco de Astragalus é superior a 20% de polissacarídeos.


    Em indivíduos com baixo número de leucócitos, o Astragalo pode aumentar o número de células brancas e níveis de interferon, importantíssimos no combate a vírus (Kurashige e col., 1999). Também observou-se que o Astragalo intensifica a atividade dos macrófagos.


    A utilização do Astragalus se dá desde os primórdios, sendo originário da região da China, Coréia, Mongólia e Sibéria. Utilizado como tônico na medicina chinesa, atualmente como imunomodulador, em especial sobre as doenças degenerativas.


    Para o que serve:  


    O Astragalus apresenta ação imunoestimulante, anticarcinogênica, antiviral, antioxidante, hepatoprotetora e suave ação hipotensora (AHP, 1999). É utilizado como adjuvante no tratamento de gripes e Influenza; como imunomodulador, promovendo o aumento de histamina; no tratamento da diarréia crônica; no tratamento de edemas; tratamento de sangramento anormal uterino e como um agente cardiotônico. É muito usado como complemento nos tratamentos de quimioterapia (WHO, 1999).


    Utilizado como tônico na medicina chinesa, auxiliando nos casos de estresse, perda de energia e fadiga.   atualmente como imunomodulador, comumente usadas como adjuvante em quimioterapias relacionadas com o tratamento do câncer, em especial sobre as doenças degenerativas.


    Na China, o Astragalus é amplamente utilizado no tratamento contra o câncer, tanto como tratamento primário quanto como adjuvante nas terapias convencionais. Em indivíduos com baixo número de leucócitos, o Astragalus pode aumentar o número de células brancas e níveis de interferon, importantíssimos no combate a vírus (Kurashige e col., 1999). Também observou-se que o Astragalo intensifica a atividade dos macrófagos.


    O Astragalus membranaceus apresenta ação imunoestimulante, anticarcinogênica, antiviral, antioxidante, hepatoprotetora e suave ação hipotensora. Estimula o sistema imunológico em pacientes com infecções no trato respiratório como a gripe.


    Na China o Astragalus é amplamente utilizado no tratamento da hepatite crônica e muito utilizado como adjuvante no tratamento de infecções virais, gripes e influenza; como imunomodulador, promovendo o aumento de histamina; no tratamento de diarreia crônica; no tratamento de edemas; tratamento de sangramento anormal uterino e como um agente cardiotônico.


    Num estudo em animais, verificou-se que o astrágalo poderia ser usado para tratar diabetes do tipo II e resultou na diminuição do peso corporal, aumento da sensibilidade à insulina e níveis de glucose no plasma. Por isso, muitos usam Astragalus para baixar os seus níveis de açúcar no sangue.


    Astragalus também é usado como um diurético.


    Principais Indicações


    Segundo o farmacêutico da Quallitá, Astragalus é indicado para:


    - Aumento da imunidade. Auxiliar no tratamento de infecções virais (Antiviral);
    - Antioxidante e antienvelhecimento;
    - Estimula e fortalece o sistema imunológico (Imunomodulador);
    - Estimula o sistema nervoso;
    - Hepatoprotetor;
    - Promove proteção contra câncer;
    - Estimulante. Atua como um adaptogênico (resistência não específica ao estresse);
    - Aumenta os níveis de energia, combatendo a fadiga e o estresse;
    - Protege contra os radicais livres;
    - Tratamento de sangramento anormal uterino;
    - Tratamento de edemas;
    - Protetor cardíaco;
    - Possui efeito diurético.


    Literatura


    Castillo C, Valencia I, Reyes G, Hong E. An analysis of the antihypertensive properties of 3-nitropropionic acid, a compound from plants in the genus Astragalus [in Spanish].Arch Inst Cardiol Mex. 1993;63(1):11-16.
    Chen LX, Liao JZ, Guo WQ. Effects of Astragalus membranaceus on left ventricular function and oxygen free radical in acute myocardial infarction patients and mechanism of its cardiotonic action [in Chinese]. Chung Kuo Chung Hsi I Chieh Ho TsaChih. 1995;15(3):141-143.
    Chevallier A. The Encyclopedia of Medicinal Plants. New York, NY: DK Publishing; 1996.
    Chu DT, Wong WL, Mavligit GM. Immunotherapy with Chinese medicinal herbs. I.Immune restoration of local xenogeneic graft-versus-host reaction in cancer patients by fractionated Astragalus membranaceus in vitro. J Clin Lab Immunol.1988a;25(3):119-123.
    Chu DT, Wong WL, Mavligit GM. Immunotherapy with Chinese medicinal herbs. II.Reversal of cyclophosphamide-induced immune suppression by administration of fractionated Astragalus membranaceus in vivo. J Clin Lab Immunol. 1988b;25(3):125-129
    Hong CY, Ku J, Wu P. Astragalus membranaceus stimulates human sperm motility invitro. Am J Chin Med. 1992;20(3-4):289-294.
    Huang KC. The Pharmacology of Chinese Herbs. 2nd ed. New York, NY: CRC Press;1999.
    Khoo KS, Ang PT. Extract of Astragalus membranaceus and Ligustrum lucidum does not prevent cyclophosphamide-induced myelosuppression. Singapore Med J. 1995;36:387-390.
    Kurashige A, Akuzawa Y, Endo F. Effects of astragali radix extract on carcinogenesis,cytokine production, and cytotoxicity in mice treated with a carcinogen, N-butyl-N¢-butanolnitrosoamine. Cancer Invest. 1999;17(1):30-35.
    Li SQ, Yuan RX, Gao H. Clinical observation on the treatment of ischemic heart disease with Astragalus membranaceus [in Chinese]. Chung Kuo Chung Hsi I Chieh Ho Tsa Chih. 1995;15(2):77-80.
    Li XY. Immunomodulating Chinese herbal medicines. Mem Inst Oswaldo Cruz.1991;86(suppl 2):159-164.
    Luo HM, Dai RH, Li Y. Nuclear cardiology study on effective ingredients of Astragalus membranaceus in treating heart failure [in Chinese]. Chung Kuo Chung Hsi I Chieh Ho Tsa Chih. 1995;15(12):707-709.
    Ma J, Peng A, Lin S. Mechanisms of the therapeutic effect of Astragalus membranaceus on sodium and water retention in experimental heart failure. Chin Med J (Engl). 1998;111(1):17-23.
    McGuffin M, Hobbs C, Upton R, eds. American Herbal Products Association's Botanical Safety Handbook. Boca Raton, Fla: CRC Press; 1997.
    Miller L, Murray W, eds. Herbal Medicinals: A Clinician's Guide. New York, NY:Pharmaceutical Products Press; 1998.
    Murray M, Pizzorno J. Encyclopedia of Natural Medicine. 2nd ed. Rocklin, Calif: Prima Publishing; 1998.
    Peng T, Yang Y, Riesemann H, Kandolf R. The inhibitory effect of Astragalus membranaceus on coxsackie B-3 virus RNA replication. Chin Med Sci J.1995;10(3):146-150.
    Upton R. American Herbal Pharmacopoeia and Therapeutic Compendium — Astragalus Root. Santa Cruz, Calif: American Herbal Pharmacopoeia; 1999.
    Wagner H, Bauer R, Xiao P, Chen J, Offerman F. Chinese drug monographs and analysis — Radix Astragali (Huang Qi). Verlag Fur Ganzheitliche Medizin. 1996;1(8).
    Wang LX, Han ZW. The effect of Astragalus polysaccharide on endotoxin-induced toxicity in mice [in Chinese]. Yao Hsueh Hsueh Pao. 1992;27(1):5-9.
    White L, Mavor S. Kids, Herbs, Health. Loveland, Colo: Interweave Press; 1998: 22, 25.
    AHP - American Herbal Pharmacopoeia, Astragalus Root, 1999.
    BAJAJ, Y. P. S. Transgenic medicinal plants: Biotechnology in agriculture and forestry; 45. 1 ed. Berlin Heidelberg, NY, 1999. 1936 p.
    WHO- Monographs on Selected Medicinal Plants, vol.I, Geneva, 1999.
    BATISTUZZO, J.A; ITAYA, M; ETO, Y. Formulário Médico-Farmacêutico. São Paulo/ SP: Atheneu, 5ª Ed. 2015.
    TROVA, W. L. J. - Material e informações científicas elaborados por Quallitá - Farmácia de Manipulação. 2014, Revisado 2021.

    Composição

    Astragalus                          500mg


    Excipiente qsp 1 cápsula vegetal


    Os resultados e indicações são avaliados e comprovados pelo fabricante e baseados nos estudos das ações do mesmo, descritos na literatura. Não os garantimos, visto que, eles variam de indivíduo para indivíduo e dependem de vários fatores como: hábitos alimentares, exercícios, patologias pré-existentes e do uso do produto, seguindo a posologia indicada.

    Modo de Usar

    Sugestão de modo de Usar: Tomar 1 dose ao dia com pelo menos meio copo de água, pelo prazo de 8 semanas ou conforme orientação de um profissional habilitado. Respeite a dose recomendada.

    Advertência

    Interações medicamentosas:


    Medicamentos antivirais


    Astragalus pode aumentar os efeitos de alguns medicamentos antivirais como aciclovir e interferon.


    Ciclofosfamida


    Astragalus pode também conter os efeitos imunológicos supressivos da ciclofosfamida, um medicamento usado para reduzir as chances de rejeição em transplantes.


    Contra-indicações:


    Não são conhecidas contra-indicações com o produto. No entanto, devido ao fato de estimular o sistema imunológico, deve ser usado com cuidado por pessoas em terapia imunosupressiva assim como a administração após um transplante de órgão e por aqueles que sofrem de alguma doença autoimune como lúpus.


    Reações adversas:


    Quando usado conforme recomendado, Astragalus não oferece efeitos colaterais; quando usado em doses elevadas pode causar problemas gastrintestinais e diarréia.


    Precauções:


    Astragalus contém certa quantidade de selênio. Quando tomado em grandes quantidades ou por longo período, esse mineral pode causar perda de cabelos, dentes e causar fadiga. Consultar um médico antes de tomar Astragalus durante a gravidez ou em fase de amamentação.


    Recomendações gerais importantes. Leia antes de usar:


    1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
    2. Imagens meramente ilustrativas.
    3. Pessoas com hipersensibilidade à(às) substância(s) não devem ingerir o produto.
    4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
    5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
    6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
    7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
    8. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres amamentando (pode diminuir a produção de leite) e grávidas sem orientação médica.
    9. Medicamentos em cápsulas não podem ser partidos ou mastigados.
    10. Este medicamento não pode ser utilizado por indivíduos hipoglicêmicos e/ou hipertensos sem orientação médica.
    11. Os resultados descritos variam de pessoa para pessoa dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos, presença de outras patologias, bem como, o uso correto do produto conforme descrito na posologia.
    12. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica;
    13. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, UM MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO".


    “Não se trata de propaganda e sim descrição do produto, consulte sempre um especialista.”
    "Venda sob prescrição de profissional habilitado, de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia. Nossos farmacêuticos estão habilitados para prescrição farmacêutica. Consulte-nos!"
    “O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário à informação e orientação quanto ao uso dos medicamentos solicitados por acesso remoto” RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58.”

    Formas de Pagamento

    Boleto Bancário

    no Boleto/Transferência

    Cartão de Crédito
    Nº de parcelas Valor da parcela Juros Valor do Produto